terça-feira, 7 de setembro de 2010

Grito dos Excluidos





Grito dos Excluidos reuniu movimentos sociais em Porto Alegre hoje.(fotos: Paulo Marques)


Hoje é a data nacional do Brasil, onde se comemora a independencia do país. Independencia que dado o poder das grandes corporações sobre a economia dos países faz com que a o termo "independencia"seja relativizado. Por isso a luta pela libertação continua. Assim como fazem a 16 anos, os movimentos sociais do Brasil realizam o "Grito dos Excluídos", um ato político que tem o objetivo de mostrar que, malgrado as conquistas sociais obtidas nos últimos anos, o país ainda é um dos mais desiguais do mundo, onde uma minoria de 1% mais ricos detén mais de 50% da riqueza produzida, enquanto os mais pobres ficam com apenas 5%. Onde apenas 6% são propietários dos meios de produção e o trabalho assalariado que aumenta com o crescimento econômico paga os piores salários é precarizado e cada vez mais flexibiliza direitos. A luta, portanto, é pela garantia e ampliação de direitos para os trabalhadores, aprofundamento da democracia ( combatendo a ditadura dos meios oligopolizados de comunicação); socialização da riqueza produzida por todos e todas( com processos avançados de democracia econômica a partir do controle dos meios de produção por parte dos trabalhadores organizados). Estes são alguns dos desafios que permanecem na pauta dos lutadores sociais do século XXI.

Nenhum comentário: