domingo, 18 de outubro de 2009

Repressão no País Basco: Resposta nas ruas


Milhares nas ruas de San Sebastián contra a repressão política no País Basco.


A resposta da cidadania basca às ações repressivas de cunho fascista do governo Espanhol não tardaram em acontecer. No sábado, na cidade de San Sebástian, milhares de bascos saíram as ruas para protestar contra as prisões dos líderes políticos da esquerda independentista, realizada na terça-feira passada na sede do Sindicato LAB. Entre os presos está Arnaldo Otegi, um dos principais representantes da Esquerda Abertzale (independentista. Segundo os discursos dos líderes sindicais e partidários presentes essa manifestação marca o inicio de um novo processo no sentido de superar o conflito basco que se aprofunda desde que o estado espanhol ampliou a repressão a qualquer ação politica da esquerda, com a Lei de PArtidos, que ilegalizou todos os partidos e organizações da izquierda abertazale. A manifestação de sábado foi considerada até mesmo pela mída conservadora ( EL país) como uma das maiores dos últimos anos, também reconheceu queo nacionalismo basco, dos diferentes matizes ideológicos está unido, o que é uma enorme preocupação para o estado espanhol. Podemos dizer que as prisões e a repressão estão sendo na verdade um "tiro no pé" do Estado Espanhol.

Nenhum comentário: