quinta-feira, 4 de junho de 2009

Internacionalismo Socialista





Arnaldo Otegi, lider da Esquerda Independentista Basca discursa no comício da Iniciativa Internacionalista em Pamplona, sob a bandeira da Marcha Mundial de Mulheres

Pela primeira vez na história das Eleições para o Parlamento Europeu, a serem realizadas no próximo dia 07 de junho, organizou-se uma lista eleitoral de esquerda inédita e inovadora,a INICIATIVA INTERNACIONALISTA- SOLIDARIEDAD ENTRE LOS PUEBLOS. A inovação está na plataforma política da lista que tem como principal bandeiras o anticapitalismo e o direito de autodeterminação dos povos sem Estado da Europa. Muitos que lutam a anos pelo direito a decidir seu destino, como o Pais Basco, a Cataluña, a Galícia entre outros tem pela primeira vez na história uma plataforma que representa sua luta no continente Europeu. Além disso tem no Internacionalismo socialista a grande bandeira que representa a luta por um outro mundo possível. Essa iniciativa pode ser considerada uma ação prática de caráter político que é fruto da confluência dos povos sem estado que estiveram reunidos no último Fórum Social Mundial em Belém, quando realizaram uma atividade inédita que reuniu mais de 30 paises de todo o mundo que lutam pela sua soberania.
A Iniciativa Internacionalista- Solidariedad entre los pueblos (II_SP) encabeçada pelo escritor, dramaturgo, diretor de cinema, Alfonso Sastre, foi impugnada pelo governo Espanhol, que acusava este histórico e reconhecido intelectual espanhol, um dos principais expoentes da chamada Geração de 1955, de "terrorista", que representaria a política do grupo Basco ETA, acusação que vêm sendo usada pelo governo espahol para reprimir todo e qualquer grupo ou cidadão que defenda o direito a autodeterminação de seus povos. Felizmente o tribunal Constitucional revogou a impunação e restituiu o direito legítimo da Iniciativa Internacionalista participar das eleições. Uma primeira vitória da esquerda e dos povos subjugados pelos Estados burgueses.
O sucesso dos últimos comicios da II-SP comprovam a empolgação e a esperança que representa essa iniciativa para os povos da Europa.

Como disse no comicio realizado em Irún ( Pamplona) no dia 30 de maio, o líder da Izquierda Abertzale ( esquerda independentista Basca) Arnaldo Otegi:

" Se estar contra esse modelo econômico é ser socialista, somos socialistas,
" Se estar contra esse modelo econômico é ser bolchevique, somos bolcheviques,
" Se estar contra esse modelo econômico é ser revolucionário, somos revolucionários
"

Sem dúvida ser socialista hoje no velho continente é ser Internacionalista, é votar II-SP.

Nenhum comentário: