sábado, 25 de abril de 2009

Equador: Correa de novo com a força do povo


Rafael Correa de novo com a força do povo

Assim como ocorreu no Brasil e Venezuela, mais um país com governante progressista coloca a prova o seu mandato. É o Equador do jovem economista Rafael Correa, eleito em 2006, pela Alianza País. Após as grandes mobilizações que derrubaram o governo de Lúcio Gutierrez em 2005, Correa venceu as eleições com o apoio dos movimentos sociais, indígenas, dando inicio a um processo de profundas mudanças no país.
Dentre as ações mais significativas está a aprovação da nova constituição que incluiu de forma inédita na história das constituições na América Latina o reconhecimento da Economia Solidária , garantindo direitos e apoio do Estado para uma alternativa econômica além da propriedade privada. A vitória de Correa é, portanto, fundamental para o aprofundamento das mudanças em curso assim como o fortalecimento da esquerda no continente.

Segundo as últimas pesquisas de intenção de voto Rafael Correa será reeleito no primeiro turno nas eleições gerais deste domingo. Os dados das últimas sondagens apontam que Correa obteria cerca de 50% dos votos, com uma distancia de 20 pontos do seu mais próximo adversário, o ex-presidente Lucio Gutierrez ( que foi derrubado do poder pela mobilização pipular de 2005). O atual presidente Correa, da Alianza País, tem reiterado que a sua reeleição representa o aprofundamento da Revolução Cidadã que iniciou desde que assumiu o poder. As eleições também serão para mais 6 mil cargos.

Nenhum comentário: