sábado, 24 de janeiro de 2009

Bolivia diz SIM a nova Constituição

Evo fala e o povo responde: " EL Alto de pie, nunca de rodillas"
Evo apresenta ao povo a constituição que mudará a história da Bolívia

Comicio final pelo SIM no departamento de Cochabamba, quinta-feira 22/01/09. O povo lota a praça, 50 mil bolivianos com Evo em apoio à nova constiução.

O SIM para a nova Constituição Boliviana representa a construção de um país para as maiorias.


Neste domingo 25 de janeiro, o povo Boliviano votará no referendo da Nova Constituição do país. Uma nova página na história deste que tem sido, ao longo de 500 anos, um dos países mais explorados por uma elite branca e racista. A eleição do indígena Aymára Evo Morales foi uma ruptura com essa história de exploração e misérias. A Constituição que repõe os direitos dos povos originários é o primeiro passo na construção de um novo país, soberano, justo, democrático e popular. Evo já venceu várias batalhas, essa é mais uma e não será a última. A elite branca, racista da oligarquia que perdeu o poder está ainda viva, detém o poder econômico em regiões inportantes do país e de lá se organiza, com apoio dos EUA e das corporações internacionais para resistir a mudança inexorável. Ainda não compreenderam que um novo tempo está sendo construído, no qual as maiorias são protagonistas e não coadjuvantes como antes. Evo Morales é o simbolo e expressão destes novos tempos. A vitória do SIM , com a aprovação da Constitução dos direitos dos povos originários neste domingo é a grande batalha que abrirá o caminho sem volta para a construção de uma pátria livre e soberana.

2 comentários: