quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

UM DIA SEM COMPRAS NO BRASIL JÁ



Imbuídos do "espirito" natalino, das catedrais do consumo lotadas para "comprar" a felicidade expressa em alguma bugiganga de plástico, um carro novo, um celular voador etc.. , retomamos aqui uma das questões que, para nós, constituem a condição para o avanço de uma outra economia, que é a realização de ações afirmativas de questionamento da lógica capitalista e a discussão, na sociedade, sobre as possibilidade de Outra Economia.

Nesse sentido, apresentamos uma proposta muito interessante de ação AFIRMATIVA realizada pelo grupo espanhol ECOLOGISTAS EM AÇÃO que é UM DIA SEM COMPRAS.

O Ecologistas en Acción é uma confederação de mais de 300 grupos ecologistas distribuidos por diversas cidades da Espanha. Forma parte do chamado ecologismo social, que entende que os problemas meio ambientais tem sua origem em um modelo de produção e consumo cada vez mais globalizado, do que derivam também outros problemas sociais, e que é necesário transformá-lo se pretendende-se evitar a crise ecológica.

Para isso realizam ações afirmativas como campanhas de sensibilização, denúncias públicas ou legais contra as práticas danosas ao meio ambiente, ao mesmo tempo eles propõe alternativas concretas e viáveis em cada um dos âmbitos onde desenvolvem suas atividades. O Dia Sem Compras é uma dessas ações afirmativas que põe em discussão o sentido do consumismo hoje, ao mesmo tempo que questiona suas formas de produção e por consequência o funcionamento do sistema capitalista.
A ação propõe que não se compre durante 1 dia, e nos outros 364 dias se compre produtos da pequena produção, cooperativas, comércio local, do próprio bairro, ao invés dos grandes shopings e atacados e de empresas tansnacionais que exploram os trabalhadores em todo o mundo.

Essa experiência de ação política afirmativa, é um ótimo exemplo para o movimento da Economia Solidária que precisa avançar na sociedade como um projeto de outra econômia, outra forma de produzir, consumir e viver. Somente a divulgação da campanha já teria um grande impacto no que diz respeito ao tema do consumo.

É nesse sentido que defendemos que somente a partir de ações afirmativas e de caráter político como esta, é que a Economia Solidária poderá ampliar seu raio de ação e envolver milhares de consumidores, trabalhadores que , anestesiados pela publicidade capitalista não conseguem visualizar uma outra forma de econômica que não seja a predatória forma capitalista de produção.

Quem sabe inauguramos um DIA SEM COMPRAS NO BRASIL? Pode parecer pouco, todavia entre a inércia e ações pontuais de caráter simbólico apostamos nessa última.


Nosso blog está propondo essa experiencia, some-se nós, dê sua opinião.


Site dos Ecologistas en acción http://www.ecologistasenaccion.org/


Nenhum comentário: