terça-feira, 30 de dezembro de 2008

BASTA DE TERRORISMO DO ESTADO DE ISRAEL E EUA










O covarde massacre realizado pelos Estados terroristas dos EUA e Israel sobre a população palestina da Faixa de Gaza ( milhares de crianças e mulheres assassinadas sem nenhuma condição de defesa) precisa ser condenado por todo o mundo. Não é possível permanecer indiferente perante tamanha barbárie. Os povos do mundo devem se levantar contra os bárbaros yankes. É hora de dizer BASTA.


A Faixa de Gaza se encontra sitiada e a aviação e artilharia israelense, uma das mais potentes do mundo, segue massacrando a população civil. Em um dia foram assassinadas mais de 300 pessoas. O pretexto é combater as ações do Hamas (que em três anos como seus "perigosos ataques", atingiram 11 israelenses).

Hoje, na Faixa de Gaza, temos um milhão e meio de civis que são prisioneiros do Exército de Israel e estão sendo privados de alimentos básicos, combustiveis e eletricidade.
Todos os hospitais estão lotados sem medicamentos e sem capacidade para atender a todos os feridos ( a maioria crianças) . Muitos dos feridos permanecem nos corredores dos hospitais. Estamos assistindo a um dos maiores crimes contra a humanidade e uma violação sistemática dos Direitos Humanos.


Não existe nenhuma justificativa para essa bárbarie desproporcional, cruel e infame por parte de Israel e dos EUA , que violam deliberadamente todas as Leis Internacionais, as resoluções da Convenção de Genebra de 1949, que defende os direitos dos cidadãos civis em tempos de guerra.
A Comunidade Internacional deve exigir de forma imediata que Israel dê um basta a toda violência e assassinato de civis que vem realizando; cumpra todas as resoluções da ONU, do Conselho de Segurança entre outros e seja condenada por violar sistematicamente os Direitos Humanos e o Direito Humanitario Internacional frente o Tribunal Internacional de Justiça de Haya, principal órgão judicial da Organização das Nações Unidas.


Por todos estes motivos e ante o silêncio vergonhoso da Comunidade Internacional e demais organismos competentes que nos somamos a todas as mobilizações da blogosfera contra esta situação insustentável.

Hoje são os povos palestinos, amanhã serão os latinoamericanos, os asiáticos, os povos da Africa. O Imperialismo está mais vivo do que nunca.

A luta é uma só, o inimigo é comum.

É hora de dizer BASTA.

Nenhum comentário: