quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Chávez e a nova economia : O Estado como indutor e o povo como protagonista

NACIONALIZAÇÕES DA INDUSTRIA DE BASE NA VENEZUELA: CONSTRUINDO UMA OUTRA ECONOMIA COM PROTAGONISMO POPULAR


O processo de nacionalizações de empresas estratégicas na Venezuela avança, a produção de cimento tem um papel fundamental nos projetos de habitação popular por isso a nacionalização deste setor tem grande importancia na revolução bolivariana. Para o presidente Chávez o papel do Estado não é o fortalecimento do capitalismo mas o desenvolvimento econômico " “No vamos a conformar un Estado Capitalista sino que el Estado asumirá el papel fundamental en el impulso económico de Venezuela”.


Isto porque todo o processo de estatização das principais industrias do país corresponde a uma política nacional, na qual , o Estado está se armando com diferentes mecanismos para impulsionar a propiedade social destacou Chávez em entrevista ao programa Dando y Dando. Em relação ao caso da nacionalização da industria de cimento Chávez disse que " hora se va a poder incrementar la producción de cemento en función de nuestras necesidades, pues hemos roto el monopolio y ahora los precios del cemento van a bajar”.


Igualmente Chávez afirmou que um dos projetos que anteriormente não pode ser concretizado por falta de recursos da industria do cimento e materiais de construção foi a criação das oficinas de construção popular . A partir de agora se incentivará a realização de “bloqueras populares, pequeñas fábricas de propiedad comunal para que la misma gente organizada acelere la solución del problema de la vivienda, que bajo el modelo capitalista no tiene solución”, garantiu ó Chávez.

Em relação a participação do setor privado no plano de construção de habitações Chávez resaltou que são importantes más que “ya quedó demostrado que no es el sector privado el que va a poder solucionar el problema habitacional, es el Estado y el poder de las comunidades quienes lo lograrán”, afirmou Chávez.


Ou seja, a partir da nacionalização é viabilizado não só a construção de habitações populares , mas sobretudo o incentivo e fomento à construção através da auto-organização da próprias comunidades de forma cooperativa e solidária.

Nenhum comentário: